Alfabéto Órquico

Como dito no linguajar élfico, o linguajar órquico e a Língua Negra de Mordor foram criadas por J.R.R. Tolkien, porém devido a sua grande dificuldade de interpretação e entendimento lógico (como explicarei abaixo) ela é menos difundida entre os curiosos e estudiosos destas artes.

Tolkien descreve a linguagem como sendo criado por Sauron como uma língua construída para ser a única língua de todos os servos de Mordor, substituindo assim as muitas variedades diferentes de órquico e outros idiomas usados por seus servos. Tolkien descreve a linguagem como existindo em duas formas, as antigas formas "puras" usadas pelo próprio Sauron, o Nazgûl, e os Olog-hai, e a mais "rebaixada" forma utilizada pelos soldados do Barad-dûr no final da terceira era.

Como este blog não visa uma descrição direta acerca da história da língua, esta seção destina-se apenas a um breve entendimento da mesma e a sugestão para ajudar na interpretação de jogadores utilizando Orcs ou seres negros ambientados na ficção de Tolkien.

Como sempre, espero que apreciem e aguardo suas dicas e críticas! =D

----------------------------------------------------------------------

Primeiramente, o órquico é relativo à linguagem dos Orcs nos Tempos Antigos! "É dito que eles não tinham uma linguagem própria, mas tomavam o que podiam das outras línguas e pervertiam ao seu bel-prazer. Mesmo assim faziam apenas jargões brutais, dificilmente suficientes mesmo para suas próprias necessidades, a menos que fossem para maldições e ofensas." 
De fato estas criaturas, sendo cheias de malícia, odiando mesmo sua própria raça, odiavam também sua língua, o órquico, de pouco uso para eles na comunicação entre tribos diferentes". Preferiam resolver suas diferenças na ponta da adaga e flechas.
Logo a diversidade e mutabilidade dos Órquicos são de fato um obstáculo para um "Poder Negro" que utiliza estes seres como soldados. Então, para o propósito de administração eficiente (leia-se totalitarismo absoluto), Sauron gastou tempo para fazer um idioma para seus servos - a única linguagem construída conhecida em Arda, se não consideradaa linguagem dos sinais (iglishmêk) dos Anões. Esta sagrou-se como a Língua Negra de Mordor!

É dito que a Fala Negra foi inventada por Sauron nos Anos Escuros. ''Ele desejou fazer dela uma linguagem para todos os que o serviam, mas falhou neste propósito. Da Fala Negra, contudo, foram derivadas muitas das palavras que na Terceira Era eram amplamente difundidas entre os Orcs. Porém, após a primeira derrota de Sauron, esta linguagem na sua antiga forma foi esquecida por todos exceto os Nazgûl. Quando Sauron surgiu novamente, ela se tornou novamente a linguagem de Barad-dûr e dos capitães de Mordor. "Mais tarde é dito que os Olog-hai, a terrível raça de Trolls criada por Sauron na Terceira Era, não conhecia outra língua a não ser a "Fala Negra" de Barad-dûr. Olog-hai é por si mesma uma palavra da Fala Negra. O termo "Fala Negra" pode não ter sido o nome dado por Sauron para sua língua, mas os invés disso um nome dado pelo desprezos de outros. Por outro lado, a Fala Negra nomeia Barad-dûr como Lugbúrz significando Torre Escura, tal como o nome Sindarin, então talvez Sauron gostasse de ser associado com a escuridão e esta fosse sua cor oficial. Esta certamente parece ser a cor dominante no uniforme de seus soldados. 

A Fala Negra possui os sons explosivos b, g, d, p, t, k, os aspirados th, gh e possivelmente f e kh, vistas apenas em nomes de Orcs. A lateral l, o vibrante r, as nasais m e n e as sibilantes s,z,sh. Esta pode não ser uma lista completa, dado nosso pequeno corpus. As vogais são a,i,o e u; a vogal o é dita ser rara, por Tolkien. A Fala Negra não parece usar o e. Osâ e û longos são existentes. Existe pelo menos um ditongo, ai e au e ocorre em nomes de Orcs.

Basicamente, na fala, podemos observar as seguintes fonéticas:
ORCS DE MORDOR: Áspera e grutual, refletindo a virilidade de Gorgoroth;
ORCS DE MÓRIA: Mais fofoqueiro, sussurrado, chiado, refletindo a escuridão dos tuneis;
URUK-HAY: Sons poderosos que refletem a agressão e ódio.

Como este dialeto é bem menos difundido que os dos elfos, nos ateremos em palavras utilizadas na saga de Tolkien.

FRASES & PALAVRAS:
"Ash nazg durbatulûk, ash nazg gimbatul, ash nazg thrakatulûk, agh burzum-ishi krimpatul".
Um Anel para a todos governar, Um Anel para encontrá-los, Um Anel para a todos trazer, e na Escuridão aprisioná-los.

"Khozdayin… Dorguz… zuranimid!" = Os anões... Mestre - Nós perdemos os anões!
"Shugi golgai gelnakhanishim!'' = Nós fomos emboscados pelos elfos nojentos!
"Sha nargiz ob-hakhtil…'' =Eu não quero desculpas...
"Nargiz khobdi… Rani Khozdil!" = Eu quero a cabeça do Rei Anão!
"Murganish dum…" = Nós fomos vencidos em número...
"Turim hag shad!" = Não houve nada que pudéssemos fazer!
"Zorzor go-kairaz obguraniz!" = Eu mal escapei com a minha vida!
"Ki go-kairag baganig. Ombar bunish!" = Melhor se você tivesse pago com ela!
"Khozd-shrakhun gud sha kilyash-zag" = A escória anã não ficará escondida por muito tempo!
"Giryashi taryash kirgayil!" =  Eles tentarão cruzar o passo da montanha!
 "Obod tung nash ru khobdud". = Mande nosso aviso... Existe um preço em suas cabeças!

Nuzdigid? Nuzdi gast..." = Você sente este cheiro? É cheiro de medo...
"Ganzilig-i unarug obod nauzdanish!" = Eu me lembro que seu pai cheirava a isso!
"Torin undag Train!" = Thorin, filho de Thrain!
"Kod" = Aquele
"Toragid biriz"' = Tragam-o para mim
"Worori-da" = Matem os outros!
"Sho gad adol!" = Bebam seu sangue!
"Biriz torag khobdudol!" = Tragam-me a sua cabeça!

EXTRA:
Confira abaixo um diálogo em Língua Negra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário